terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Dia de água muito suja em Bertioga - Salvo pelos jumping jigs

Salve amigos pescadores.

Sabadão 24/01/2015 eu e o amigo Mauricio seguimos pra bertioga afim de funcionar o motor do amarelão e também tentar uns peixinhos...



na sexta-feira havia chovido muito, mas muito mesmo no litoral!! a chuva chegou até a causar estragos em Santos e cubatão...
ja descemos sabendo desta condição e contando com uma provável água suja, como a maré iria ser de vazante na manhã iriamos esperar pela enchente pra tentar o pincho, quando a água do mar teóricamente mais limpa adentra os manguês...

assim sendo partimos em direção a costeira logo cedo, pra tentar uns galos no camarão com jig head! porém ao sair da barra as condições do mar embora permitissem a navegação não eram nem de longe as ideais para pesca costeira...



o mar estava mechido e com algumas vagas maiores, além disso devido a frente fria dos ultimos dias que havia deixado o mar grande ele estava com a água bem turva próximo as pedras...



Insistimos um tempo na lajinha da barra, guaras e camburi porém sem nenhuma ação...



tentamos com jig e jig head no meio das pedras mas o máximo que conseguimos foi enrroscar.



a saída foi voltar e tentar o canal, começamos tentando as famosas pedras do tapioca...



depois tentamos o pincho nos rios iriri e mocó. mas absolutamente nada de ação...



tentamos pinchar nas famosas pilastras da marina destivada e nada de ação...



pinchamos ainda no rio da tia wanda e NADA!



assim as 14 horas ja estávamos adentrando o rio da boia verde...



nesta hora ja havia me conformado em sair dedão... seria o primeiro dedão de 2015! mas faz parte, afinal insistimos em pescar mesmo com as condições adversas...

porém na boia verde insistindo no jumping jig e jig head logo consegui fisgar algo e o mauricio também!! na mesma hora!!
tirada de dedo com um doublê.



e dai começou uma pegadeira que se não convencia pelo tamanho, pelo menos divertia pela quantidade de ações...







Foi quando fisguei algo mais forte e gritei: "prepara a camera!!" não deu outra, baaagre pra foto... kkkkkkk



pouco depois entre tricks e ovevas pego um saltador!! pequeno mais muito comemorado, primeiro flexa de 2015!!



e depois dentre muitos tricks de pevas mais uma fisgada "diferente" mauricio pegou um sirí no jig head!! kkk



E assim segui a pesca...





aproveitávamos ao máximo a pegadeira dos pequenos, ja que todo o resto havia falhado...
E assim no meio da pegadeira, peguei o segundo flexa de 2015! no jig gumi 17 da NS este jig aliás se mostrou muito eficiente neste dia, pegando muito mais que os outros...



espero que o terceiro flexa seja melhor... hahaha
seguindo a pescaria, fomos pegando ovevas e tricks...



até que ja cansados dos pequenos e no reponto da enchente resolvemos procurar peixes maiores...
tentamos o famoso rio dos porvas, local onde ja encontramos flexas em situação semelhante...



mas desta vez o rio estava sem nada...



tentamos ainda novamente no wanda...



foi por lá que a única ação do dia no pincho se manifestou... um trick para o Maurício!



E assim ainda insistimos no mocó e itapanhau, mas NADA! zero ação... e perto das 18 um céu bem fechado nos mostrava que era hora de zarpar de volta ao porto!



E assim foi mais um dia. Dia do peixe! mas a gente não desiste!
Abração.
Pleffer.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Matando a saudade do pincho com o Nono Faria em cananeia

Salve amigos pescadores.

Sábadão dia 17/01/2015 eu(Pleffer) e os amigos Lincon e Pacheco descemos pra Porto cubatão onde tinhamos uma pescaria marcada com o nosso amigo e guia Nonô Faria! seguiría-mos subindo os rios em busca do flexão de gamboa!!

Saímos de São paulo as 2:30 e pontualmente as 6:00 depois de um belo café da manhã no graal estávamos em porto cubatão onde o nonô ja nos aguardava...



Rapidamente descarregamos as tralhas e partimos!!



ja no primeiro arremesso do dia os ataques começaram!! um belo cardume de carapaus pra nossa alegria veio nos receber...



E ja ali perto começamos a ver que alguns ataques eram diferentes...



E não deu outra!! robalo na linha!!



vários robalos começaram a entrar no pincho, infelizmente a maioria pequenos...



mas mesmo assim divertidos!



depois de pegar uns 20 cada um e ver que tava díficil um "dos bão" desci pro jig head pra ver e veio batida mais forte! porém não era robalo... hehehe



O Lincon seguia insistindo no pincho até que ele teve uma baita corrida! a briga foi das boas, mas também era carapitanga... eita bicho forte!! hehehe



Com a maré repontando mudamos de ponto e fundeamos num poço de pescadas pra aproveitar a maré parada...
Se o poço é de pescadas, pegamos...





porém as pescadas estavam atacando pouco o jig e no camarão não estavam fisgando, momento de testar a montagem downshot com jig, para esta montagem basta utilizar um girador triplo (como se fosse fazer pernada) e na ponta de baixo colocar 20 cm de fluor e um jig gumi 17 da Ns (o meu preferido pra pescadas) e na pernada colocar 70 cm de fluor e um camarão EBI de 7cm geralmente nas cores chá com vermelho e chá com dourado...

montei o sistema e não deu outra!!
comecei com pampo...



E cada arremesso era um peixe...



não falhava um arremesso...



as vezes vinham de dois!!
Apelidei o sistema de "Downshot jigado" hehehe



porém quando a maré começou a subir deixamos as pescadas de lado e partimos pro Objetivo do dia: Centropomus.



a tarde toda os robalos apareceram com vontade, uns muuito pequenos...



outros até razoáveis...



e muitas fugas e saltos também, o peixe tava pegando sempre na beiradinha da boca no pincho! tava manhoso...

fico devendo mais fotos da parte da tarde, isso porque garças ao calor de 40 graus a câmera não resistiu e deu problemas, mas em resumo a tarde toda durante a maré de enchente acertamos centenas de tricks e alguns robalos de medida, tudo no pincho e muitos na superfície :)

no reponto da enchente, entramos numa gamboa onde 4 flexas de bom porte(passavam fácil dos 5 kgs) nos deixaram de coração na mão... seguiram e bateram em nossas iscas, deram mais de um bote!! porém não fisgaram... :S valeu a emoção... hehehe
Todos os 3 pescadores tiveram ataques nesta gamboa e os 3 ficaram de boca aberta depois de não engatar e os bichos assustarem e ir embora... faz parte!! hehehe um dia do peixe e outro do pescador...

depois do reponto ainda insistimos por 1 hora, mas nada dos flexas voltarem... quando a vazante recomeçou os pevas voltaram com força!! mas infelizmente era perto das 17:30 e ja estava na hora de nosso retorno! deu tempo apenas de fisgar alguns e se despedir desse paraíso chamado cananeia...



Abração.
Pleffer.

Cananeia com a Black Mamba, uma das melhores pescarias da minha vida

Salve amigos pescadores.

Sabadão 10/01/2015 a convite dos amigos Bento e Willian partimos eu e o companheiro Antonio pra Cananeia, mais precisamente porto cubatão onde conheceria-mos a operação Black Mamba que tem uma victory 26 pés de mesmo nome e realiza pescarias na costeira e nos parceis de Cananeia e também parceis da jureia(região de iguape).

chegamos as 5:40 em porto cubatão, de São Paulo lá é uma viagem média de 3 horas, viagem esta que sempre compensa cada metro percorrido e nas próximas linhas vcs saberam o porque!! hehehe

Ja na cidade encontramos os amigos Willian, Bento e Max que ja estavam lá além é claro do grande piloteiro marquinho que nos guiaria na pescaria, compramos sanduiches pro almoço, tomamos café e preparamos as tralhas.

As noticias eram de pescarias fartas na véspera o que nos animou ainda mais e fez crescer a expectativa...



Assim pontualmente as 7:00 partimos do pier de porto cubatão rumo ao azul...
A lancha Victory 26 da Black mamba é excelente no quesito conforto! e conta com dois motores 150 hp dando muita velocidade e segurança pra pescaria.

Assim em pouco tempo ja estávamos no mar de cananeia próximos a famosa ilha do bom abrigo...



Parece até brincadeira, mas eu mal cheguei no ponto, desci um pac 24 gramas cromado da NS e pimba!! peixe na linha!
a briga revelava que não era peixe pequeno... ainda mais num equipto de 17 lbs... :S hehehe



Pouco depois achando ser muita sorte desci o mesmo jig uma segunda vez e...



Desta vez um carapau veio atacar minha isca!
Dai os outros amigos também desceram jigs e a pegadeira foi geral!!





Nessa hora ja não sabia se fotografava, quem fotografava ou se pescava... rsrsr
Em mais de 20 anos pescando eu nunca ví bater tanto peixe em tão pouco tempo... era descer e grudar! não falhava uma!!

Antônio conseguiu até fisgar uma cação no pac dourado.



Mas as estrelas do dia eram eles:



Os xaréis brancos.





Além dos xaréis ou galos de penacho outros peixes também eram frequentes...
Se uma descida não batia xaréu o porquinhos detonavam! eles estavam as centenas no parcel também... e todos no jig!



O jig Billy da Ns de 40 gramas rosa e o verde são matadores pra região!
comecei com o pac mas logo mudei pra eles!!

E assim a pescaria seguia...







Até que numa vacilada minha com um peixe mais forte minha Daiwa aird de 25 lbs se foi...



paciência, bora mandar a 17 lbs pra água!! hehehe
E as horas passavam e não parava de bater peixe! ja estava com o braço em frangalhos, tudo 100% no jig.



Além dos xaréis e porquinhos outras gratas surpresas apareciam no meio do cardume!
como esta cavala verdadeira do amigo Max.



porém entre um peixe e outro! da-lhe corridas frenéticas e prateadões subindo!





Esse cação brigou muito!!



e a pescaria continuava! parecia que eu estava na Bahia de tanto peixe batendo...







A variedade também era muito legal...







O Bento arrebentou também no jig Ulha da NS, porém diferente dos outros jigs, neste ele empregava um trabalho mais lento, mais parecido com camarão e jig head no canal e esse trabalho era fatal pros xaréis!







Alguns Badejo-mira também apareceram em nossos jigs!



Porém como a canseira vinha forte, decidimos por volta das 13:00 partir pra um ponto mais próximo da costeira e lá, peixes mais de pedra apareceram...

primeiro um Galo normal!



depois uma sororoca...



além de várias outras ações de sororoca e peixes não embarcados!
Porém por volta das 14:00 o calor tinha acabado conosco e buscamos um lugar a sombra da praia do bom abrigo pra almoçar!



um local simplesmente fantástico!!

E assim as 15:00 algumas formações de nuvem e trovões se faziam ouvir ao longe e o nosso comandante marquinho sempre zelando pela segurança decidiu que ja era de retornar-mos pra segurança do porto! e assim o fizemos.

Essa pescaria ficará na lembrança por muito tempo!! pescaria simplesmente fantástica!!
Recomendo fortemente aos amigos a Black Mamba que conta com uma lancha muito bem equipada e segura e um comandante muito atencioso, profissional e experiente!! que não hesitava um segundo em ajudar os amigos a desenroscar linhas e tirar peixes!

para quem quiser pescar com a black mamba é só entrar em contato:

Black Mamba Fishing Adventure

Abração.
Pleffer.